Ruan Rulfo

Pedro Páramo e Chão em Chamas

Ruan Rulfo (méxico 1917 – 1986) é aquele tipo de pessoa que você não conhece, provavelmente não não vai conhecer e pode perder uma grande oportunidade em sua “vida de leitor” se continuar não conhecendo…

Dois livros:
Chão em Chamas
e Pedro Páramo. (aqui unidos no mesmo livro)
MAIS NADA.

Chão em Chamas é um acervo de contos invejável. A gente lê pensando: Puta queo pariu! EU queria ter escrito essa porra!!!
Já Pedro Páramo é assim: Puta queo pariu: COMÉ QUE ESSE CARA ESCREVEU ESSA PORRA???
A linguagem é uma coisa à parte: vai e volta, elucida e confunde, torna e pula num jogo que nos mantém sempre presos até o último ponto. Rulfo é leitura básica de caras craques como Gabriel Garcia Marques, Carlos Fuentes e Juan Carlos Onetti (pelo menos é o que diz nessa edição da Record que eu mostro aqui). Não é à toa que, dizem… (dizem, mas sabe como é) …que Ruan Rulfo é o tipo de literatura indispensável pra quem nasceu na América e pretende escrever nessa mesma América.

O único porém é que depois desses dois livros Rulfo “secou”. Secou e ponto final. Não escreveu mais nada, não se deixou escrever (“até escrevi algumas coisas, mas pareciam todas ruins demais” segundo o próprio autor). Mas alguns gênios são assim: Não precisam escrever mais que algumas centenas de palavras, cantar algumas dezenas de músicas e pintar alguns quadros para serem o que serão pelo resto da eternidade.

Anúncios

Sobre Willy Barp

https://penanegra.wordpress.com Ver todos os artigos de Willy Barp

6 respostas para “Ruan Rulfo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: